Juíza de Itajaí apresenta o projeto Justiça – Direito de Todos para a comunidade do litoral catarinense
15565
post-template-default,single,single-post,postid-15565,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Juíza de Itajaí apresenta o projeto Justiça – Direito de Todos para a comunidade do litoral catarinense

A juíza Sônia Maria Mazzeto Moroso Terres vai estar hoje, 20, a partir das 19h, na Câmara de Vereadores de Balneário Piçarras para apresentar aos legisladores e aos moradores o Projeto Justiça – Direito de Todos. Na quinta-feira, 22, a palestra sobre o tema será na Univali de Balneário Camboriú e na semana que vem, dia 27, na Univali de Tijucas e dia 28, na Universidade do Vale do Itajaí, em Biguaçu. Na quinta-feira, 29, a apresentação será na Câmara de Vereadores de Itajaí.

A intenção da magistrada é percorrer as cidades catarinenses e em seguida, os municípios dos outros estados como Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais para lançar o projeto. E os moradores estão convidados a conhecer a iniciativa e ajudar na coleta de assinaturas. Para o projeto ser transformado em lei, serão necessárias mais de um milhão e meio de assinaturas. Quem quiser ser voluntário, deve entrar em contato com o Instituto Estrela de Isabel, pelos telefones: (47) 3349-1887 e (47) 3345-4174. Na região de Itajaí, os postos para coleta são: sedes do Jornal Diário do Litoral ( Diarinho); Fórum da Comarca de Itajaí; Instituto Estrela de Isabel e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Para ter validade, é necessário que as pessoas assinem manualmente e com letra legível.

O projeto:

É urgente que o Congresso Nacional regulamente o art. 245 da Constituição Federal, pois o aperfeiçoamento da legislação pátria é fundamental para a implantação da verdadeira justiça social e este projeto de lei de iniciativa popular promoverá a consciência cidadã de nosso povo, dando voz às vítimas que estão invisíveis para o Estado.

Após o download da Ficha de Apoiamento e a coleta de assinaturas, estas devem ser encaminhadas para a Rua: Reinaldo de Brito, 34, Centro, CEP 88303-080, Itajaí – SC.

Contatos: (47) 3349-1887/3345-4174/8837-8250. E-mail: contato@soniamorosoterres.com.br